sergio-campos @ 16:27

Seg, 28/02/11

A última reunião com os orientadores foi fundamental para cimentar algumas das decisões que o grupo havia tomado em relação ao projecto. 

 

Começamos por mostrar e discutir o briefing entregue para a disciplina de projecto com os orientadores, que mostraram a sua aprovação. 

Depois foram discutidas questões relativas à calendarização e às prioridades a estabelecer no projecto, tendo em conta a sua especificidade.  A professora Lídia sugeriu a criação de um documento onde listassemos os nossos objectivos específicos, alinhados com os objectivos gerais da disciplina de projecto, de forma a alinhar o tempo correctamente com todas as tarefas que temos a desempenhar (tarefas essas que darão origem aos dois produtos finais: o documentário e a plataforma web). Esse documento já está a ser produzido pelo grupo e será brevemente publicado no blog. 

 

O tema de discussão seguinte foi o focus group. Uma vez que não queremos integrar apenas jovens portugueses alargando assim o estudo ao contexto europeu, a multiculturalidade surge como o elo lógico de ligação dos diversos temas em que o documentário se foca. Será esse o ponto que ligará as áreas em discussão: qual é a percepção, de cada uma delas, no nosso país e na restante Europa? Quais as diferenças experienciadas pelos jovens de diferentes países da EU em relação a cada um dos temas? 

 

Uma vez que não temos qualquer experiência na realização de focus groups, os professores sugeriram-nos algumas técnicas para que este funcione: lançar “temas quentes”, ou seja, que provoquem a discussão, ou um dos moderadores tomar uma posição mais radical que obrigue à retaliação dos participantes e os leve a querer intervir. 

 

Foram também dadas sugestões relativas a formas de criar um ambiente propício à discussão aberta e à participação: uns petiscos surgiram como boa opção (e o LIDL é, de facto, famoso nesse aspecto). 

 

O próximo grande passo será a formação do focus group. Para isso, já contactamos o professor Rui Raposo, responsável pelos Erasmus no nosso curso, de forma a conseguir alguns membros de outras nacionalidades. No entanto, caso se verifique que o processo é moroso, ou que existe uma elevada concentração geográfica dos erasmus em NTC, tentaremos outras abordagens. 

 

Em resumo, na reunião da última sexta-feira, dia 25 de Fevereiro, abordaram-se, de uma forma geral, os seguintes pontos:

Briefing do trabalho realizado até á data (durante a última semana);

Discussão acerca da calendarização e prioridades do projecto;

Clarificação e aconselhamento acerca dos objectivos a definir e das formas de abordagem aos mesmos; interpretação dos objectivos propostos tendo em conta o enquadramento do projecto (vídeo documentário/plataforma web);

Diversidade cultural – sugestão de tema a abordar como elo de ligação entre os restantes temas;

Técnicas de abordagem ao focus group – “pontos quentes” como estimulo para a discussão; imagens/vídeos provocadores; 

Discussão acerca das diferenças culturais presentes na Europa e de conflitos presentes na Comunidade;

Métodos para quebrar o gelo/entrave inicial à discussão.

 


Blog do projecto do 3º ano de NTC no âmbito da UC de Projecto.
Pesquisar
 
Ligações
diigo library
Arquivos
blogs SAPO